A América Móvil espera concluir a aquisição da Nextel Brasil até setembro de 2019, conforme apresentação da companhia mexicana, dona da Claro Brasil, divulgada sexta-feira, 5. A compra vai acrescentar 3,3 milhões de clientes à base móvel da Claro. Mais importante, vai adicionar 35 MHz de espectro no total. Em São Paulo, terá mais 20 MHz e outros 30 MHz no Rio de Janeiro.

A AMX espera ainda que a aquisição adicione ao menos US$ 606 milhões em receitas ao balanço do grupo e amplie sua base de assinantes pós-pagos. Com a compra da Nextel, a Claro passará de 21% em participação de mercado no pós-pago de São Paulo para 32%. No Rio de Janeiro, a fatia no pós passará de 27% para 44%. Em todo o país, a fatia subirá de 21% para 25%.

OUTRAS AQUISIÇÕES
Na apresentação, a companhia explica também as compras de ativos da Telefónica na Guatemala e em El Salvador. Na Guatemala, a aquisição adiciona 2,9 milhões de clientes, 80 MHz de espectro, US$ 208 milhões em receita e faz o market share saltar de 26% para 43%. A compra já foi finalizada e a empresa trabalha já na integração da operação.

Em El Salvador serão absorvidos 1,8 milhão de clientes. Com a compra, a AMX recebe mais 55 MHz e adiciona US$ 163 milhões em receitas. A participação no mercado móvel local vai crescer de 27% para 49%. A operação de compra deve ser concluída até setembro, estima a companhia.

Fonte: http://www.telesintese.com.br

Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Um em cada cinco brasileiros usa o celular enquanto dirige

Dados são de pesquisa feita pelo Ministério da Saúde …