A América Móvil espera concluir a aquisição da Nextel Brasil até setembro de 2019, conforme apresentação da companhia mexicana, dona da Claro Brasil, divulgada sexta-feira, 5. A compra vai acrescentar 3,3 milhões de clientes à base móvel da Claro. Mais importante, vai adicionar 35 MHz de espectro no total. Em São Paulo, terá mais 20 MHz e outros 30 MHz no Rio de Janeiro.

A AMX espera ainda que a aquisição adicione ao menos US$ 606 milhões em receitas ao balanço do grupo e amplie sua base de assinantes pós-pagos. Com a compra da Nextel, a Claro passará de 21% em participação de mercado no pós-pago de São Paulo para 32%. No Rio de Janeiro, a fatia no pós passará de 27% para 44%. Em todo o país, a fatia subirá de 21% para 25%.

OUTRAS AQUISIÇÕES
Na apresentação, a companhia explica também as compras de ativos da Telefónica na Guatemala e em El Salvador. Na Guatemala, a aquisição adiciona 2,9 milhões de clientes, 80 MHz de espectro, US$ 208 milhões em receita e faz o market share saltar de 26% para 43%. A compra já foi finalizada e a empresa trabalha já na integração da operação.

Em El Salvador serão absorvidos 1,8 milhão de clientes. Com a compra, a AMX recebe mais 55 MHz e adiciona US$ 163 milhões em receitas. A participação no mercado móvel local vai crescer de 27% para 49%. A operação de compra deve ser concluída até setembro, estima a companhia.

Fonte: http://www.telesintese.com.br

Artigos Relacionados
Leia mais em DESTAQUES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Países da União Europeia aprovam reforma de direitos autorais

Os países integrantes da União Europeia (UE) deram hoje (15) sinal verde a um pacote de re…