Batuques, palavras de ordem, resistência e escracho à política de ódio às mulheres darão o tom do ato delas no Distrito Federal, neste 8 de março, na Esplanada dos Ministérios. A data, que remete ao Dia Internacional da Mulher, marca o primeiro grande ato após as eleições presidenciais e levará às ruas o lema: “Pela vida de todas as mulheres, resistiremos!”. A concentração será no gramado central da Rodoviária do Plano Piloto, a partir das 16h. De lá, as mulheres marcharão rumo ao Congresso Nacional, até a Alameda das Bandeiras.

Neste ano, as mulheres denunciarão o aumento dos números crescentes de feminicídio e os ataques aos direitos sociais e trabalhistas. Questões como a reforma da Previdência, o fim do genocídio de indígenas e quilombolas, a valorização da Lei Maria da Penha e da Casa da Mulher Brasileira, o poder de decisão da mulher sobre o próprio corpo, a revogação da reforma trabalhista, o fim do desmonte da saúde pública, além da luta pelo desarmamento e por justiça para Marielle Franco – executada em março de 2018 –, são algumas das bandeiras levantadas pelas mulheres.

Como o 8 de março deste ano será próximo ao carnaval, o ato será organizado em alas carnavalescas, com cortejo dos blocos de carnaval do DF protagonizados por mulheres, reforçando o caráter político dos blocos, da música, do festejo e da cultura brasileira.

“Todas as mulheres do Distrito Federal estão convidadas a participar dessa grande festa de protesto. Não podemos nos esquecer que, aqui no DF, foram registrados, em 2018, 41 casos de violência doméstica por dia. Somente neste ano, um feminicídio por semana. No ano passado, foram 29 casos confirmados. Não podemos permitir que esses números cresçam. Por todas essas vidas e por nossos direitos, marcharemos”, convidam as organizadoras do 8 de março 2019 no DF.

A dispersão do ato deste 8 de março será na Praça dos Prazeres, na 201 Norte, onde os blocos que acompanharão a manifestação darão sequência à festa.

Serviço
8 de Março 2019 – Pela vida de todas as mulheres, resistiremos!
Dia: 8 de março, sexta-feira
Local de concentração: Gramado central em frente à Rodoviária do Plano Piloto
Horário: A partir das 16h – Caminhada até a Alameda das Bandeiras

Fonte: CUTBrasília

Artigos Relacionados
Leia mais em FITRATELP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Conselho Diretor da FITRATELP se reúne em Belo Horizonte

"A nossa luta é para fortalecer e empoderar os trabalhadores e enfrentar aqueles que quere…