Fernando Feijão, cobrador, foi reeleito presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários no Estado do Piauí – SINTETRO, que juntamente com a diretoria irá conduzir o pleito 2019-2021. A Chapa 1, que é CUTista trouxe em sua composição para concorrer ao pleito novos nomes a se somar com uma parte da diretoria já existente, que durante três anos consecutivos mostraram que a luta é constante, fortalecendo a bandeira em defesa dos direitos dos (a) trabalhadores (a) do sistema de transporte do Piauí, que é a maior prioridade do sindicato.

A eleição aconteceu nos dias 15 e 16 de outubro de 2018 em Teresina-Piauí, durante todo o processo eleitoral que fora conduzido por uma comissão, composta por representantes das chapas 1 e 2, e assessores (a) jurídicos de ambas as partes, de forma pacifica e democrática, todos os trabalhos da comissão eleitoral fora feito de forma transparente, sempre mantendo cautela, disciplina, compromisso, seriedade e responsabilidade, o que culminou em um resultado a favor da democracia, onde todos (a) foram ouvidos, e todas as decisões tomadas sempre em comum acordo com cada representante das chapas, da comissão, e registradas em atas.

Diante da lisura do processo eleitoral, tudo correu na tranquilidade no momento em que o trabalhador pode exercer o seu livre arbítrio de escolha na votação, onde culminou na reeleição do atual Presidente do SINTETRO-PI, Sr. Fernando Santos (Feijão).

Na apuração total dos votos, a Chapa CUTista obteve 1.413 votos, e a Chapa 2, registrou 605. Dos 2843 associados aptos a votar, compareceram e votaram 2.126 (dois mil cento e vinte e seis).

A eleição contou com o apoio da CUT-PI, de dirigentes dos Sindicatos dos Rodoviários do Rio Grande do Norte, Salvador, Feira de Santana, Alagoas e da CNTTL/CUT.

“Queremos agradecer a todos(as) os(a) trabalhadores(a) do sistema de transporte de Teresina, que mais uma vez depositou o seu voto e confiou nesta diretoria, firmamos o nosso compromisso de continuar lutando em defesa dos nossos direitos, ao ser reeleito tenho plena consciência dos deveres a serem cumpridos, e das melhorias e conquistas ainda a serem alcançadas, muito obrigado a todos(a) que nos deram mais uma vez o seu voto de confiança”. Citou – Fernando Santos (Feijão).

Entre os principais compromissos da nova diretoria estão:

 Criar um departamento exclusivo em apoio ao trabalhador (DAT) com acompanhamento do sindicato junto aos trabalhadores envolvidos em acidentes de trânsito, assaltos, e a previdência social (INSS);

 Constituir uma comissão com representantes de trabalhadores do seguimento da manutenção e administração para buscar novas reinvindicações na negociação coletiva 2019;

 Firmar novas parcerias e convênios com escolas e universidades;

 Disponibilizar através da assessoria contábil a declaração de imposto de renda para todos os trabalhadores associados;

 Ofertará aos seus associados mais convênios do exame toxicológico para motorista com pagamento que possa ser parcelado e com preços acessíveis;

 Fortalecer a lutar pela manutenção dos postos de trabalho dos cobradores e fiscais;

 Fundar associação dos trabalhadores rodoviários, com a finalidade de oferecer atendimento para qualificação profissional, aos trabalhadores do sistema de transporte rodoviários;

 Criar uma equipe permanente de fiscalização durante a semana, feriado e final de semana, em todos os postos de trabalho;

 Buscar constituir convenia com construtora ou cooperativa para facilitar ao acesso a casa própria que venham a beneficiar a família dos trabalhadores do sistema de transporte;

 Disponibilizar o espaço de lazer as sextas-feiras das 18:00 ás 22:00h para que os trabalhadores associados possam usufruir a pratica do esporte, como futebol, para isso já está concluído a iluminação do campo do clube;

 Compromete-se em lutar sempre para melhorar ainda mais a vida de todos os trabalhadores, garantindo e ampliando sempre seus direitos;

 Formar comissões de trabalhadores de empresas e consórcios para participarem de todas as negociações coletivas das categorias;

 Através da ação coletiva de insalubridade irá garantir para os trabalhadores do sistema coletivo 20% do salário mínimo mensalmente em seus contracheques, bem como o retroativo dos últimos 05 anos, algumas empresas já foram julgadas e a sentença favorável aos trabalhadores.

Todo o processo eleitoral foi acompanhado pela assessoria jurídica do SINTETRO-PI, e das chapas 1 e 2, e suas devidas representações

Da Assessoria de Comunicação da CUT-PI
Socorro Silva
Créditos Fotos.

Artigos Relacionados
Leia mais em CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

58 trabalhadores são encontrados em situação precária e crianças são resgatadas

Uma ação de fiscalização do Ministério do Trabalho resgatou 16 pessoas com menos de 18 ano…