A cada dia, semana, mês, aumentam as demissões na ARM, com ou sem motivo. E o mais “interessante” é que quase todas as rescisões vêm com ressalvas pelos mesmos motivos: horas-extras, falta de registro de ponto… até quando ARM?

E quem vai ficando, vai encontrando as mesmas dificuldades, sendo convocados a trabalhar todo final de semana, sem descanso, sem lazer, sem direito a ficar com a família, e o pior SEM REMUNERAÇÃO.

ACT 2013/2014: CADÊ?

Todo ano é a mesma coisa, a ARM quer “fugir” de todo jeito da mesa de negociação, enrolando para marcar as reuniões, apresentando propostas pífias e sem ganhos para os trabalhadores, e querendo vencer todo mundo no cansaço, mas não adianta DONA ARM, somos incansáveis e queremos um Acordo Coletivo de Trabalho justo e com ganhos para a nossa classe.

Hoje, 19 de junho, 79 dias depois da data base, teremos a segunda reunião para negociar o Acordo coletivo de trabalho 2013/2014. Agora é a hora de darmos a resposta que a empresa merece!

Artigos Relacionados
Leia mais em Todas as Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Trabalhadores na Rede Conecta paralisam atividades em Teresina

Na manhã desta quarta-feira (17) os trabalhadores na empresa Rede Conecta, terceirizada da…