A comissão de negociação da Fittel esteve reunida na ultima quarta-feira, 24, no Rio de Janeiro com os representantes das empresas Oi e Paggo, para negociar o Acordo Coletivo de Trabalho 2012/2014, mas não houve nenhum avanço.

Com relação à Oi, essa primeira reunião, para a nossa grande decepção, serviu apenas para agendar as próximas reuniões que estão marcadas para os dias 12, 13 e 22 de novembro. Ficamos apreensivos, pois toda a negociação que avança sobre a data-base indica certo desleixo por parte da empresa. Enviamos nossa pauta de reivindicações já fazem alguns meses, mas a empresa decidiu negociar apenas às vésperas da data-base. Para os trabalhadores, que esperam ansiosamente por essa negociação, a Oi demonstra uma cruel indiferença.

Com relação a Paggo, a coisa é ainda pior. Não entendemos porque a Oi quer fazer um acordo separado com a Paggo, já que a empresa é do mesmo grupo. Isso não faz sentido. A Oi tem outras sete empresas, e todas elas, com exceção da Paggo, não tem acordos coletivos separados. Entendemos que a Oi procede assim na tentativa de economizar recursos em cima das companheiras e dos companheiros das lojas. Isso é inaceitável!

Nosso objetivo nessa negociação na Paggo é obter a igualdade de benefícios com os trabalhadores da Oi. Reivindicamos que esses benefícios avancem substancialmente e também queremos romper com esse péssimo hábito da empresa de pagar apenas o reajuste pela inflação, sem ganhos reais de salário. Os trabalhadores das lojas, que são a linha de frente da empresa, não merecem essa desfeita. O que a Oi propõe para os trabalhadores da Paggo é indigno e injusto. A loja da Pagoo deve chegar em breve em Teresina.

Insistimos na mobilização e no engajamento de todos!

Artigos Relacionados
Leia mais em Todas as Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Veja também

Trabalhadores na Rede Conecta paralisam atividades em Teresina

Na manhã desta quarta-feira (17) os trabalhadores na empresa Rede Conecta, terceirizada da…